Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

A Contagem dos dias da época do dilúvio era difente de hoje?




A Bíblia mostra que 150 dias era equivalente a 5 meses:

Gênesis 7:11  No ano seiscentos da vida de Noé, aos dezessete dias do segundo mês, nesse dia romperam-se todas as fontes do grande abismo, e as comportas dos céus se abriram,
Gen 8:3  As águas iam-se escoando continuamente de sobre a terra e minguaram ao cabo de cento e cinqüenta dias.
4 ¶ No dia dezessete do sétimo mês, a arca repousou sobre as montanhas de Ararate.

5  E as águas foram minguando até ao décimo mês, em cujo primeiro dia apareceram os cimos dos montes.

A razão da longevidade dos primeiros humanos é geralmente atribuída a um clima diferente antes do dilúvio


segunda-feira, 15 de agosto de 2016

É verdade que alto índice de ateísmo causa desenvolvimento econômico?

Em 2012  "34 dos 40 países com os mais baixos índices registrados no planeta são da África Subsaariana"





Alegações da reportagem: "Deus é uma ficção":

1- "a palavra ÍMPIO aparece dezenas de vezes na Bíblia aparece dezenas de vezes na bíblia, todas elas descrevendo como os canalhas chamados ateus merecem apenas ostracismo e violência" (Revista Veja p. 52)Resposta:

1-A palavra não se refere ao ateu, veja o Léxico de Strong:
No antigo Testamento:
"rasha‘
1) perverso, criminoso
1a) perverso, alguém culpado de crime (subst.)
1b) perverso (hostil a Deus)

1c) perverso, culpado de pecado (contra Deus ou homem)"


Novo Testamento:
asebes
1) destituído de temor revente a Deus, que condena a Deus, ímpio"

2- a palavra contrasta com JUSTO:
Salmos 37:21  O ímpio pede emprestado e não paga; o justo, porém, se compadece e dá

3-Deus se compadece do ímpio
Romanos 4:5  Mas, ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça.

4- O ímpio pode professar uma religião
16 ¶ Mas ao ímpio diz Deus: De que te serve repetires os meus preceitos e teres nos lábios a minha aliança,
17  uma vez que aborreces a disciplina e rejeitas as minhas palavras?
18  Se vês um ladrão, tu te comprazes nele e aos adúlteros te associas.
19  Soltas a boca para o mal, e a tua língua trama enganos.

20  Sentas-te para falar contra teu irmão e difamas o filho de tua mãe.


2-"quanto mais religioso é o país, piores são seus índices sociais" (Idem, p. 53)
Resposta: Não existe relação direta causal entre acreditar em Deus ou não acreditar em relação ao IDH (Indíce de Desenvolvimento Humano:

1- O país com maior percentual de ateus no mundo, segundo a fonte citada na revista, é a China, e está no 101º lugar do Hanking de IDH no mundo

2- Os Estados Unidos apresenta o 3º lugar no IDH e apenas tem 5% de ateus!!

3- 34 dos 40 países que apresentam o menor IDH são países que foram colonizados e que estão na África Subsaariana. Ou seja, as razões são de ordem geo-políticas. Paquistão, Bangladesh, Haiti, Yemen, Afeganistão, Ilhas Salomão não estão nesta região. Cada um destes países tem causas não religiosas de seu péssimo IDH.

4- Se fossemos correlacionar o IDH e protestantismo poderia-se dizer que a maioria dos países de maioria protestante apresentam um IDH elevado!! Mas teria que provar tal relação!

5- Outras fontes mostram que esta cifra elevada de ateísmo é falsa, como Almanaque Abril de 2014, 40ª  edição(dados de 2010):
Japão- 2,9 %
China- 7,3 %
República Checa 4,9%
França 4,1 %
Coréia do sul 1,6%
Alemanha 2,5%
Holanda (Países Baixos) 1,7%
Áustria 1,7%
Austrália 1,8%
Irlanda-0,3%
Islândia 2,9%

A Pesquisa Gallup baseado em entrevistas com apenas cerca de 50.000 homens e mulheres selecionado a partir de 57 países. O que pode ter influenciado a grande diferença é a não escolha aleatória de lugares para as entrevistas!

De qualquer forma, independente da fonte da estatística, as conclusões da reportagem são infundadas

Conclusão:
Constitui REDUCIONISMO afirmar que só porque uma NAÇÃO  tem muitos ateus, isso faz com que ela tenha alto IDH!



Confira:

“Para medir as variações no padrão da qualidade de vida das diferentes populações do globo, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) criou o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A apuração desse índice leva em conta 3 fatores: a educação, longevidade e renda”(Almanaque Abril, 34ª edição, 2008, p. 119).   (Idem, p. 356)


“...a África é seguidamente pilhada, dividida e ocupada pelas potências da Europa a partir do séc. XV. Milhões de africanos são escravizados por essas potências, que mantiveram a exploração dos recursos naturais da região mesmo após o fim da escravidão. As lutas anti-coloniais se desenvolvem principalmente na segunda metade do séc. XX e se misturam aos conflitos da guerra fria...Persistem rivalidades étnicas entre populações de países cujas fronteiras foram criadas artificialmente pelas nações européias no fim do séc. XIX. Esse legado histórico explica porque a África respondia em 2005 por apenas 2,8% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial em 2012. Nos países ao sul do deserto do Saara (a África Subsaariana), quase metade da população (48,5 %) vive abaixo da linha da pobreza (com renda inferior a 1,25 dólar por dia em 2010).” (Almanaque Abril, 40ª edição, 2014, p. 356)

Em relação aos países de IDH mais baixo: “os de menor IDH são todos na África...”( (Almanaque Abril, 34ª edição, 2008, p. 119) “...todos os 22 países que tem IDH considerado baixo são da África Subsaariana” (Idem p. 357)O ranking mundial de IDH utilizado aqui faz parte do relatório divulgado pela ONU em novembro de 2007, sobre a base de dados de 2005.
Os dados divulgados pela ONU em 2013 dizem que: "34 dos 40 países com os mais baixos índices registrados no planeta são da África Subsaariana"  (Almanaque Abril, 40ª edição, 2014,p. 352)


Veja o Rankin de IDH em 2012 (ONU), os dados em vermelho são do Gallup (dados inflacionados). 

Ranking IDH GlobalPaísIDH
2012
1Noruega0,955
2  Austrália   10% ateus0,938
3Estados Unidos  5%ateus0,937
4Países Baixos 14% ateus0,921
5Alemanha 15% ateus0,920
6Nova Zelândia0,919
7Irlanda 10% ateus0,916
8Suécia 8% ateus0,916
9Suíça 9% ateus0,913
10Japão 31% ateus0,912
11Canadá  9% ateus0,911
12Coreia, República da0,909
13Hong Kong 15% ateus0,906
13Islândia 10% ateus0,906
15Dinamarca ???0,901
16Israel  ???0,900
17Bélgica 8%0,897
18Áustria  10%0,895
18Singapura0,895
20França0,893
21Finlândia0,892
21Eslovénia0,892
23Espanha0,885
24Listenstaine0,883
25Itália0,881
26Luxemburgo0,875
26Reino Unido0,875
28República Tcheca0,873
29Grécia0,860
30Brunei Darussalam0,855
31Chipre0,848
32Malta0,847
33Andorra0,846
33Estónia0,846
35Eslováquia0,840
36Qatar0,834
37Hungria0,831
38Barbados0,825
39Polónia0,821
40Chile0,819
41Lituânia0,818
41Emirados Árabes Unidos0,818
43Portugal0,816
44Letónia0,814
45Argentina0,811
46Seicheles0,806
47Croácia0,805
48Barain0,796
49Bahamas0,794
50Bielorrússia0,793
51Uruguai0,792
52Montenegro0,791
53Palau0,791
54Koweit0,790
55Federação Russa0,788
56Roménia0,786
57Bulgária0,782
57Arábia Saudita0,782
59Cuba0,780
59Panamá0,780
61México0,775
62Costa Rica0,773
63Granada0,770
64Líbia0,769
64Malásia0,769
64Sérvia0,769
67Antígua e Barbuda0,760
67Trinidade e Tobago0,760
69Cazaquistão0,754
70Albânia0,749
71Venezuela, República Bolivariana da0,748
72Dominica0,745
72Geórgia0,745
72Líbano0,745
72São Cristóvão e Nevis0,745
76Irão, República Islâmica do0,742
77Peru0,741
78Antiga República Jugoslava da Macedónia0,740
78Ucrânia0,740
80Maurícia0,737
81Bósnia-Herzegovina0,735
82Azerbaijão0,734
83São Vicente e Granadinas0,733
84Omã0,731
85Brasil0,730
85Jamaica0,730
87Arménia0,729
88Santa Lúcia0,725
89Equador0,724
90Turquia0,722
91Colômbia0,719
92Sri Lanca0,715
93Argélia0,713
94Tunísia0,712
95Tonga0,710
96Belize0,702
96República Dominicana0,702
96Fiji, Ilhas0,702
96Samoa0,702
100Jordânia0,700
101China, República Popular da 47% ateus0,699
102Turquemenistão0,698
103Tailândia0,690
104Maldivas0,688
105Suriname0,684
106Gabão0,683
107El Salvador0,680
108Bolívia, Estado Plurinacional da0,675
108Mongólia0,675
110Palestina, Estado da0,670
111Paraguai0,669
112Egito0,662
113Moldávia, República da0,660
114Filipinas0,654
114Usbequistão0,654
116Síria, República Árabe da0,648
117Micronésia, Estados Federados da0,645
118Guiana0,636
119Botsuana0,634
120Honduras0,632
121Indonésia0,629
121Quiribati0,629
121África do Sul0,629
124Vanuatu0,626
125Quirguizistão0,622
125Tajiquistão0,622
127Vietname0,617
128Namíbia0,608
129Nicarágua0,599
130Marrocos0,591
131Iraque0,590
132Cabo Verde0,586
133Guatemala0,581
134Timor-Leste0,576
135Gana0,558
136Guiné Equatorial0,554
136Índia0,554
138Camboja0,543
138Laos, República Democrática Popular do0,543
140Butão0,538
141Suazilândia0,536
142Congo0,534
143Ilhas Salomão0,530
144São Tomé e Príncipe0,525
145Quénia0,519
146Bangladeche0,515
146Paquistão0,515
148Angola0,508
149Mianmar0,498
150Camarões0,495
151Madagáscar0,483
152Tanzânia, República Unida da0,476
153Nigéria0,471
154Senegal0,470
155Mauritânia0,467
156Papuásia0,466
157Nepal0,463
158Lesoto0,461
159Togo0,459
160Iémen0,458
161Haiti0,456
161Uganda0,456
163Zâmbia0,448
164Djibouti0,445
165Gâmbia0,439
166Benim0,436
167Ruanda0,434
168Costa do Marfim0,432
169Comores0,429
170Malaui0,418
171Sudão0,414
172Zimbabué0,397
173Etiópia0,396
174Libéria0,388
175Afeganistão0,374
176Guiné-Bissau0,364
177Serra Leoa0,359
178Burundi0,355
178Guiné0,355
180Centro-Africana, República0,352
181Eritreia0,351
182Mali0,344
183Burquina Faso0,343
184Chade0,340
185Moçambique0,327
186Congo, República Democrática do0,304
186Níger0,304
..Coreia, República Popular Democrática da..
..Marshall, Ilhas..
..Mónaco..
..Nauru..
..São Marino..
..Somália..
..Sudão do Sul..
..Tuvalu..



IDH- Indice de Desenvolvimento Humano 2012- ONU
Observe que a China ocupa apenas o 101º lugar na lista
http://sidmennt.is/wp-content/uploads/Gallup-International-um-tr%C3%BA-og-tr%C3%BAleysi-2012.pdf




terça-feira, 9 de agosto de 2016

Sexo antes do casamento é pecado? resposta a Caio Fábio



Veja o texto de Caio Fábio tirado de seu blog* em preto e respostas em outras cores.
* http://www.caiofabio.net/conteudo.asp?codigo=01796
O grande apologista Norman Geisler assim escreveu sobre o assunto na edição antiga de seu livro: 

No que diz respeito à Bíblia, não há papel algum para as relações sexuais antes do casamento. A relação já é um tipo de casamento. Se estiver fora de um compromisso vitalício do amor, então é um "casamento" ruim. Na realidade, é um pecado que a Bíblia chama de fornicação (cf. Gl 5:19; 1 Co 6:18). A primeira referência ao casamento declara que o homem e a mulher ficam sendo "uma só carne" (Gn 2:24), o que dá a entender que o casamento ocorre quando dois corpos sã o juntados. Que a relação sexual é casamento fica sendo ainda mais claro pela maneira comum de descrever o ato como sendo um homem "deitando se" com uma mulher. Moisés ordenou: "Se um homem for achado deitado com uma mulher que tem marido, então ambos morrerão..." (Dt 22:22). O Novo Testamento confirma isto, ainda mais, pelo uso das palavras "matrimônio" e "leito nupcial" em paralelo (Hb 13:4). Neste sentido, não há relações sexuais antes do casamento. A relação já inicia um "casamento." .... E quando um par tinha relações, o homem era obrigado a pagar indenização do casamento ao pai da moça e toma-la por sua esposa (Dt 22:28). E quando um homem vai para uma prostituta, a Báblia considera isto como um "casamento." Paulo escreveu: "Não sabeis que o homem que se une a prostituta, forma um só corpo com ela?" citando como sua prova que as Escrituras dizem: "Serão os dois uma só carne" (1 Co 6:16). ....
 Se o casal não fosse casado, então as relações o tornaria casado. Se já estivesse casado, então as relações com outra pessoa formariam para eles um segundo casamento, adulterio. A prostituição é considerada um casamento ilegítimo. Um casal de noivos que tem relações sexuais consumou, desta forma, o seu casamento diante de Deus e deve legalizá-lo diante do estado tão logo quanto possível, visto que Deus ordena os cidadãos a serem obedientes aos regulamentos do governo (Rm 13:1; 1 Pe 2:13). Casais e noivos, segundo Paulo, devem ou controlar seus impulsos sexuais, ou, senão, casar-se. Escreveu: "Entretanto, se alguém julga que trata sem decoro sua noiva (filha — ARA), estando já a passar-lhe a flor da idade, e as circunstàncias o exigem, façaa o que quiser. Não peca; que se casem." (1 Co 7:36). Do outro lado, "o que estÖ firme em seu coraÜÉo, nÉo tendo necessidade, mas dománio sobre o seu prÄprio desejo (arbítrio — ARA), e isto bem firmado no seu ànimo, para conservar virgem a sua noiva (filha — ARA), bem farÖ" (v. 37) .... Ou seja, as relações sexuais não são apropriadas para casais de noivos. Devem ou refrear suas emoçõees, ou casar-se.
 ...Quanto ás relações sexuais pré-nupciais entre os que não estão prontos a casar-se, a resposta é "Não". Se a pessoa não está pronta para tomar sobre si as responsabilidades de uma pessoa e família, não deve mexer com o sexo. ..Não se deve "começar" nada a não ser que se esteja disposto a ir até ao fim. ... (Ètica Cristã- Norman Geilser: Vida Nova, 2006)
Texto de Caio Fábio:
"----- Original Message ----- From: SEXO ANTES DO CASAMENTO É PECADO? To: contato Sent: Saturday, August 06, 2005 2:11 PM Subject: sexo antes do "casamento" Paz seja convosco!!! A minha pergunta é a seguinte: namoro a dois anos uma moça, pretendemos nos casar em breve; mas já estamos mantendo relações sexuais há algum tempo. O fato é que nós temos um relacionamento muito aberto. Tenho certeza que ela é a mulher da minha vida. Vivemos e convivemos como casados. Vemos nosso relacionamento não como um namoro ou noivado, mas como um casamento. Temos entre nós uma aliança real e verdadeira. Após praticarmos o ato sexual, não sentimos nenhum sentimento de culpa. Sinto que o casamento civil e religioso não mudara nada entre nós, pois a verdadeira aliança já está firmada em nossos corações. O fato de nós termos esse compromisso selado entre nós já não é o bastante perante Deus? Pecamos quando temos relações sexuais? ____________________________________________________________ Meu querido amigo: Graça e Paz! Eu creio que quando dois seres humanos livres e sinceros, se amam de verdade, eles já estão casados. Somente o amor casa; e somente a falta dele, descasa. Creio que sua consciência está pacificada, e que suas questões são fruto muito mais da opinião legal da religião do que fruto de algo que nasceu ou nasce em sua consciência. Responderei a você “ressuscitando” uma resposta “antiga” presente aqui no site. Creio que por ela você entenderá tudo, com toda simplicidade. Eis a resposta que dei há alguns poucos anos. A questão era basicamente a mesma. ____________________________________________________________ 

Se formos olhar na Bíblia esse “assunto”, descobriremos que ele não tem nenhuma relevância. Na Bíblia o casamento era algo simples, familiar, singelo, e não carregava regulamentações além da do pacto entre as partes. Houve uma “evolução sociológica” na instituição do casamento na Bíblia. Mas os “valores agregados” sempre foram tratados como “humanos”. Adão e Eva não estavam menos casados por não terem tido “testemunhas humanas” para a cerimônia, que naquele caso foi apenas um belo e surpreso: “Uau! Essa Sim!” Isaque e Rebeca nem esperaram o jantar. Quando Isaque a viu no campo, sendo trazida pelo servo de seu pai, correu ao encontro de ambos, tomou a Rebeca sobre sua montaria, e a levou direto para a “tenda de sua mãe” e a “possuiu”. 


Resposta:
O casamento de Rebeca e Isaque, seguiu o padrão de "deixar pai e mãe, e unir-se a sua mulher" foi precedido de:
1-Consentimento dos Pais
2-Aceitação dos cônjuges
3-Bênção dos pais
4-Direção Divina
5- Constituição do novo lar
"Ele simplesmente conduziu sua noiva para a tende de sua mãe [morta], e assim se tornaram marido e mulher. Os votos matrimoniais e compromisso haviam sido feitos anteriormente. Gn 24:67( p. 108) (Manual dos tempos e costumes bíblicos. Venda Nova: Betânia, 1991, p.108)
 
Uma simples relação de namoro com amor não segue estes passos!
Gn 24:3  Jure pelo SENHOR, o Deus do céu e da terra, que você não deixará que o meu filho Isaque case com nenhuma mulher deste país de Canaã, onde estou morando.
4  Vá até a minha terra e escolha no meio dos meus parentes uma esposa para Isaque.
7  O SENHOR, o Deus do céu, me tirou da casa do meu pai e da terra dos meus parentes e jurou que daria esta terra aos meus descendentes. Ele vai enviar o seu Anjo para guiá-lo, e assim você conseguirá arranjar uma mulher para o meu filho.
8  Se a moça não quiser vir, você ficará livre deste juramento. Porém não leve o meu filho de volta para lá, de jeito nenhum.
27  Ele disse: —Bendito seja o SENHOR, o Deus de Abraão, o meu patrão! Pois foi fiel e bondoso com ele, guiando-me diretamente até a casa dos seus parentes.
28  A moça foi correndo para a casa da sua mãe e contou o que havia acontecido.
29 ¶ (29-30) Rebeca tinha um irmão chamado Labão, o qual viu a argola no nariz da irmã e as pulseiras nos seus braços e a ouviu contar o que o homem tinha dito para ela. Labão saiu correndo e foi buscar o empregado de Abraão, que havia ficado de pé, ao lado dos camelos, ali perto do poço.
37  O meu patrão me fez jurar que eu faria o que ele ordenasse e me disse: “Não deixe que o meu filho case com nenhuma mulher deste país de Canaã, onde estou morando.
38  Vá até o lugar onde mora a família do meu pai e no meio dos meus parentes escolha uma mulher para ele.”
39  Então eu lhe perguntei: “E o que é que eu faço se a moça não quiser vir comigo?”
40  Ele me respondeu: “Eu tenho obedecido fielmente a Deus, o SENHOR. Ele enviará o seu Anjo para estar com você, e tudo dará certo. No meio da minha gente, na família do meu pai, você escolherá uma mulher para o meu filho.
41  Se você falar com os meus parentes, e eles não quiserem dar a moça, então você ficará livre do juramento que me fez.”
42  —E foi assim que hoje cheguei ao poço e disse a Deus o seguinte: “Ó SENHOR, ó Deus de Abraão, o meu patrão, eu peço que aquilo que vou fazer dê certo.
43  Eu estou aqui ao lado do poço. Quando uma moça vier tirar água, eu vou pedir que me dê de beber da água do seu pote.
44  Se ela concordar e também se oferecer para tirar água para os meus camelos, que seja essa a que escolheste para ser mulher do filho do meu patrão.”
45  Eu nem havia acabado de fazer essa oração em silêncio, quando Rebeca veio com um pote no ombro, desceu até o poço e tirou água. Aí eu disse: “Dê-me um pouco de água, por favor.”
46  Ela abaixou depressa o seu pote e disse: “Pode beber, e vou dar de beber também aos seus camelos.” Então eu bebi, e ela deu água também aos camelos.
47  Em seguida perguntei: “Quem é o seu pai?” Ela respondeu: “Eu sou filha de Betuel, filho de Milca e de Naor.” Então coloquei uma argola no nariz dela e duas pulseiras nos seus braços.
48  Eu me ajoelhei e adorei a Deus. E louvei o SENHOR, o Deus de Abraão, o meu patrão, que me guiou diretamente aos seus parentes a fim de que eu levasse a filha do irmão do meu patrão para o seu filho.
49  Agora, digam se vocês vão ser bondosos e sinceros com o meu patrão; se não, digam também, para que eu resolva o que fazer.
50  Labão e Betuel responderam: —Tudo isso vem de Deus, o SENHOR, e por isso não podemos dizer nada, nem a favor nem contra.
51  Aqui está Rebeca; leve-a com você. Que ela seja a mulher do filho do seu patrão, como o SENHOR Deus já disse.

53  Em seguida pegou vários objetos de prata e de ouro e vestidos e os deu a Rebeca. E também deu presentes caros ao irmão e à mãe dela.
54 ¶ Então ele e os seus companheiros comeram e beberam, e passaram a noite ali. No outro dia de manhã, quando se levantaram, o empregado disse: —Deixem que eu volte para a casa do meu patrão.
58  Eles chamaram a moça e lhe perguntaram: —Você quer ir com este homem? —Quero—respondeu ela.
59  Aí deixaram que Rebeca e a mulher que havia sido sua babá fossem com o empregado de Abraão e os seus companheiros.
60  E abençoaram Rebeca, dizendo: “Que você, nossa irmã, seja mãe de milhões! Que os seus descendentes conquistem as cidades dos seus inimigos!”
61  Então Rebeca e as suas empregadas se prepararam, montaram os camelos e seguiram o empregado de Abraão. E assim eles foram embora.
64  Rebeca também olhou e, quando viu Isaque, desceu do camelo
65  e perguntou ao empregado: —Quem é aquele homem que vem andando pelo campo na nossa direção? —É o meu patrão—respondeu ele. Aí ela pegou o véu e cobriu o rosto.
66  O empregado contou a Isaque tudo o que havia feito.
67  Então Isaque levou Rebeca para a barraca onde Sara, a sua mãe, havia morado, e ela se tornou a sua mulher. Isaque amou Rebeca e assim foi consolado depois da morte da sua mãe.

"Esse casamento que a gente tem hoje—com todos esses ritos, pompas, etc...—, é uma projeção dos plebeus acerca do casamento dos nobres. É uma festa de príncipe e princesa, com trombeta, véu, grinalda, entrada triunfal, testemunhas, pagens, corais, e a “corte” assistindo." 
Resposta:
Festa de casamento existia desde antes de Cristo e geralmente durava uma semana

Gn 29:21  Disse Jacó a Labão: Dá-me minha mulher, pois já venceu o prazo, para que me case com ela.

22  Reuniu, pois, Labão todos os homens do lugar e deu um banquete.
23  À noite, conduziu a Lia, sua filha, e a entregou a Jacó. E coabitaram.
24  (Para serva de Lia, sua filha, deu Labão Zilpa, sua serva.)
25  Ao amanhecer, viu que era Lia. Por isso, disse Jacó a Labão: Que é isso que me fizeste? Não te servi eu por amor a Raquel? Por que, pois, me enganaste?
26  Respondeu Labão: Não se faz assim em nossa terra, dar-se a mais nova antes da primogênita.
27  Decorrida a semana desta, dar-te-emos também a outra, pelo trabalho de mais sete anos que ainda me servirás.

Juízes 14:12  Disse-lhes, pois, Sansão: Dar-vos-ei um enigma a decifrar; se, nos sete dias das bodas, mo declarardes e descobrirdes, dar-vos-ei trinta camisas e trinta vestes festivais;

Mateus 22:2  O reino dos céus é semelhante a um rei que celebrou as bodas de seu filho

Jo 2:1 ¶ Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, achando-se ali a mãe de Jesus.
2  Jesus também foi convidado, com os seus discípulos, para o casamento.
3  Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho.
 "Todos os parentes eram convidados, a cidade inteira, todos os amigos e amigos dos amigos; é assim que vemos Jesus sendo convidado para as Bodas de Caná... pois as festividades duravam vá­rios dias. Na véspera do grande dia o noivo, acompanhado por seu amigos, ia buscar a noiva na casa do pai dela. Ele usava roupas especialmente feitas para a ocasião, e alguns usavam até uma coroa, ... Formava-se uma procissão, organizada pelo "amigo do noivo", que atuava como mestre de cerimônias e que ficava ao lado dele todo o tempo, "regozijando-se também". A noiva era levada numa liteira,... durante todo o percurso o povo cantava aqueles hinos nupciais ... A procissão chegava assim à casa do noivo. Os pais dele pronunciavam então a bênção tradicional, que era acompanhada por todos os presentes e expressavam os seus votos de felicidade e fertilidade no casamento. .... A noite era passada em jogos e danças. 0 noivo participava, mas a noiva se retirava em companhia das amigas, as damas-de-honra, para um quarto preparado para ela. 0 grande dia chegava na manhã seguinte e a atmosfera era festiva, uma alegria geral e um feriado. Os homens mais jovens participavam de vários tipos de jogos onde exibiam suas habilidades e as moças, como podemos ler no tratado Taan, dançavam nas vinhas, cantando para atrair a atenção dos que pudessem estar pensando em casar-se. Realizava-se um banquete no final do dia, ficando os homens e mulheres separados durante o mesmo. Esta era a hora em que se davam os presentes. As damas-de-honra ficavam ao redor da noiva, todas vestidas de branco... levando lâmpadas acesas nas mãos. A noiva ficava sentada debaixo de um toldo, o huppah, que fazia parte do ritual desde há muito e que lhe dava o ar de uma rainha — a cerimônia inteira, verdade seja dita, tinha algo de realeza....0 esposo finalmente chegara, e felizes ficavam as virgens sábias que possuiam óleo suficiente em suas lâmpadas para brilhar sobre o encontro...As festividades duravam sete dias, e certas vezes o dobro desse prazo. Mas na primeira noite o jovem par desaparecia e as bodas eram consumadas. (A Vida diária nos tempos de Jesus. São Paulo: Vida Nova, 2008, p. 142-144) 

"Nos dias de Jesus o casamento era algo familiar. E o “documento” de casamento não era dado para que, então, houvesse o casamento — isso era feito pelo testemunho dos pares na presença dos familiares. Só havia “documento escrito” para a Carta de Repúdio — no caso do marido não querer mais a mulher—, ou no Divórcio —no caso de que mulher — naquele tempo ainda sempre a mulher —, ser “expulsa” da relação como adúltera. Assim, a documentação documentava apenas a separação, não a união. A união era o documento em si. Portanto, nos dias de Jesus a documentação era para a separação, não para fazer valer a união. A união tinha o testemunho da vida, do amor e dos parentes, que consentiam com o casamento, que era solenemente informal."
Resposta:
Mt 19:4  Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher
5  e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne?
6  De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
1-O casamento sempre foi um ato em que um homem e uma mulher deixam formalmente pai e mãe e se unem em um novo lar. Isso envolve:
  •  independência financeira
  • independência emocional 
  • responsabilidade de ter e criar filhos
2- Se o casal de namorado inicia uma relação sexual diante de Deus estão casados, mas pularam etapas e deveriam ter relação com outra pessoa!

3- Desde os tempos pós-exílicos já existia sim um contrato de casamento veja:
"Em tempos pós-exílicos ... Menção é feita também de um casamento-contrato escrito (Tobias vii. 14).  http://www.jewishencyclopedia.com/articles/10432-marriage

Tobias 7:10.Tobias disse-lhe: Não comerei nem beberei aqui hoje, antes que me tenhas prometido conceder o que te vou pedir: dá-me Sara, tua filha, (por mulher).

11.Estas palavras encheram Raguel de espanto, pensando no que tinha acontecido aos sete maridos que se tinham aproximado dela, e começou a temer que tal desgraça se repetisse mais uma vez. E como ele hesitasse em dar uma resposta a Tobias,

12.o anjo disse-lhe: Não temas dar-lhe tua filha, porque é deste piedoso servo de Deus que ela deve ser mulher. Por isso nenhum outro pôde tê-la.

13.Então Raguel disse: Não tenho mais dúvidas de que Deus admitiu em sua presença minhas lágrimas.

14.Estou persuadido de que ele vos fez vir à minha casa unicamente para que minha filha desposasse um seu parente, segundo a lei de Moisés. Não temas: eu ta hei de dar.

15.E, tomando a mão direita de sua filha, pô-la na de Tobias, dizendo: Que o Deus de Abraão, o Deus de lsaac, o Deus de Jacó esteja convosco; que ele vos una e derrame sobre vós a sua bênção.

16.Tomou em seguida o papel, e redigiram o ato do matrimônio.

17.E celebraram alegremente uma festa, agradecendo a Deus.



"Antes da união matrimonial havia necessidade de decidir uma questão importante: o dote. Não se tratava realmente de um dote no sentido que conhecemos, pois não era o pai que dava à filha dinheiro ou bens, mas era ele quem os recebia. O costume remontava à uma época antiqüíssima, e a Bíblia o menciona repetidamente.O dote dado pelo noivo ao pai da noiva era chamado mohar. .... Concordava-se geralmente, com base num texto em Deuteronômio,48 que cinqüenta siclos de prata constituíam um mohar adequado. Uma vez chegados a um acordo quanto à soma, era preparado e assinado um contrato, numa quarta-feira para a virgem e na terça para a viúva, sempre em meados do mês, pois a lua-cheia trazia sorte. Este não era porém o fim das obrigações financeiras do noivo: o costume exigia que oferecesse à futura esposa uma coleção de presentes, que recebia o nome de mattan. ..., mas sim um dote que a mulher reteria caso ficasse viúva. Acontecia também que alguns pais, a fim de melhorar a posição da filha, a presenteavam com um dote apreciável, o siiiuhim. Mas Jesus, o filho de Siraque, diz no capítulo 25 de sua obra, que é vergonhoso para o homem ser mantido pela esposa.
 ...Quando tudo estava finalmente combinado, terminado e assinado, o período de noivado chegava ao seu término..."
(A Vida diária nos tempos de Jesus. São Paulo: Vida Nova, 2008, p. 141-142)

 Quanto ao sexo, tenho a dizer o seguinte: Sexo sempre é pecado e nunca é pecado. Sexo não é nada e é tudo. O que faz do sexo pecado ou algo santificado, são os seus praticantes. Desse modo, quando há amor, nunca há sexo antes do casamento. Quando há amor, o sexo é o casamento. Se há “casamento” mas não há amor, o sexo é pecado pelo fato de ser dês-significado. Assim, sexo “antes” do casamento é sexo onde dois transam sem amor. Mas sexo sem amor durante o “casamento” é pecado também, pois, é uma afronta a alma, que "faz amor sem amor", o que total dês-significação para a alma. O pecado é sexo sem amor; portanto, sem casamento. E casamento não é algo que aconteça de fora para dentro. Só acontece de dentro para fora. É como tudo mais que tem valor para Deus: procede do coração. O “casamento” é como o “batismo”— um símbolo visível de uma realidade invisível, e que o precede como símbolo a fim de que seja verdadeiro. “Batizar-se” sem que já se tenha sido antes batizado pela “fé em Cristo”, é um rito sem sentido — pura bobagem da religião! “Casar-se” sem casamento-amor é a mesma coisa. É como se batizar sem fé. Diante de Deus é tudo igual. Para os homens é que não é pecado alguém se batizar na “igreja” sem ter sido batizado no Espírito, num ato invisível e particular. O casamento, todavia, se tornou um instrumento de “poder” para os sacerdotes da religião. Basta ver as guerras medievais que aconteceram em razão de um rei querer se recasar e não poder. Sim, poucas coisas foram tão manipuladas pela religião quanto o ato do casamento, que passou a ser uma prerrogativa clerical. Desse modo, o que antes era leigo, passou a ser “sacerdotal”; e o que antes era coisa de duas pessoas e suas famílias, veio a se tornar algo que só se torna verdadeiro se um “ministro oficialmente ordenado” realizar a cerimônia dos plebeus desejosos de terem um dia de príncipe e princesa. Nada contra..., desde que se assuma que é uma representação apenas; posto que aquele ato só deve acontecer se o amor já tiver unido as partes. Eu creio sempre naquilo que é. E acho que o valor do que se faz como simbolização exterior, sempre tem que ser precedido por uma verdade interior. Assim, sexo não é nada, e é tudo. Depende de quem o faz, de como o faz e de com que atitude o faz. Sem amor nada disso me aproveitará. Inclusive transar! A impureza à qual a Bíblia se refere não é apenas a promiscuidade sexual. Pode ser também o “uso” sexual sem amor, ou por interesse, mesmo entre “casais-casados”, e que praticam sexo sem amor. Nesse caso, o homem “comparece com a patroa” e a mulher dá ao homem “o que lhe é de direito”. Em razão disso é que há muita “prostituição legal” dentro de “casamentos”. Mulheres que não amam, que sentem até nojo de seus “maridos”, mas que “dão” pra eles por causa da grana, da estabilidade, do dever, etc... E maridos que “comparecem” ou apenas “usam” a mulher, apenas para ter onde “aliviar” a pressão. E o “preço” é a estabilidade que um dá ao outro. Sem falar que em muitos casos ambos tem seus “casos paralelos”. É por isso que muitas meretrizes nos precedem no Reino de Deus. Elas, pelo menos, não chamam de “casamento” o negócio da esquina, e vão logo dizendo quanto custa e que tempo vai durar. O Novo Testamento fala muito em dissolução. Ora, a dissolução sexual não faz mal a Deus. Deus não cresce e nem diminui com nada do que eu faço ou deixo de fazer com minha vida, muito menos com meus órgãos genitais. A dissolução é pecado apenas porque faz mal ao homem. Dilui o ser. Tira a essência, a solução interior. Daí ser dissolução. E esse mal acomete a quem o pratica. Deus, todavia, não fica menor por minha causa. E que mal é esse que a dissolução produz? Ora, ela deixa o ser diluído, pastoso, impossibilitado de experimentar qualquer forma de amor denso. Daí o dissoluto não conseguir amar e nem tampouco ser fiel a ninguém. Sem falar que a proliferação de experiências sexuais não deixa ninguém experiente para a vida, para o vínculo, para o relacionamento. Apenas deixa o individuo com “mil memórias” para comparar; e, assim, aumenta sua insatisfação com um único parceiro, visto que ele está sempre sendo remetido para as fantasias de outros tempos. Sei que pra uns sou avançado demais. Pra outros sou careta demais. E eu, o que penso? Bem, eu não estou nem aí! Sei que o que digo é verdade, conforme o Espírito da Palavra e de acordo com o que Jesus ensinou como sendo verdadeiro diante de Deus. Nele, Caio ________________________________________________ 

Resposta:

  • Um casal de namorados que inicia a relaSção sexual de fato está casado diante de Deus.
  • Diante deste fato, deveria ter deixado pai e mãe, recebido a bênção deles e ter constituído um novo lar.
  • A relação sexual sela a união de tal maneira que o casal não deveria se unir a outra pessoas


Dicionario Houaiss- eletrônico:
"ter relações sexuais pecaminosas, fora do casamento; cometer o pecado da carne"


Para discussão sobre o termo PORNEIA E FORNICAÇÃO:

http://averacidadedafecrista.blogspot.com.br/2015/06/divorcio-em-caso-de-adulterio-porneia.html